Curso de JavaScript na Caelum: vale a pena?

Quer aprender JavaScript? Saiba mais sobre o curso de JavaScript da Caelum, uma das melhores escolas de tecnologia com cursos online e presenciais.

Recentemente fiz um curso de JavaScript na Caelum para finalmente me especializar no assunto. Terminado o curso, achei bacana expressar minha opinião por aqui, já que antes de iniciar o curso eu também busquei por opiniões.

Escolhi a Caelum após uma longa pesquisa de cursos na área, que são muitos – e um de meus requisitos era um curso presencial, já que não sou muito fã de curso online – acho que os presenciais ainda são mais eficientes.

Vou contar pra vocês um pouco sobre como foi o curso de Javascript de 32 horas que optei por fazer aos sábados.

» Siga-me no twitter e assine a newsletter para ler mais novidades!

Aprendendo JavaScript

curso de javascript caelum

Saiba mais sobre o curso de JavaScript na Caelum

Com uma apostila de mais de 200 páginas e Leonardo Souza como professor, o curso foi dividido nos seguintes tópicos:

  1. JavaScript Fundamental: um “geralzão” sobre JavaScript, com todos os conceitos da linguagem;
  2. JavaScript e o navegador: em resumo, JavaScript na prática;
  3. jQuery: tudo sobre jQuery, Ajax e JSON e JSONP;
  4. Organização de código com módulos e strict mode: conceitos mais avançados de JavaScript (aqui a coisa fica feia!);
  5. Plugins com jQuery: as facilidades que a biblioteca proporciona;
  6. Um pouco mais de Orientação a Objetos: mais JavaScript “avançado”;
  7. AngularJS: o framework MVC da Google: um resumão sobre AngularJS;
  8. Grunt: automação de build de front-end: descomplicando, agilizando, automatizando e otimizando;
  9. Apêndice – TDD com Jasmine: testes, testes e mais testes;
  10. Apêndice – Lidando com diferentes navegadores sem jQuery: BOM, LocalStorage, Pollyfill, Modernizr… e mais!

O professor foi bem didático nas explicações, atencioso com cada um e ainda deu dicas fora da grade. Além de vários exercícios da apostila, as aulas são práticas e mostram exemplos reais que podem acontecer no seu trabalho, sem ficar aquela coisa focada só na teoria com explicações básicas. No geral foi bem bacana e esclarecedor, mas a meu ver foi pouco tempo pra muita coisa – falo mais sobre o assunto abaixo.

Ah, vale frisar que tem café, Coca-Cola, suco e água na faixa durante as aulas, além de um lanche pela manhã e um coffe break a tarde (e uma surpresa no último dia!).

Mas eu já sei jQuery. Vale a pena fazer o curso?

Vale – e muito. Não seja dependente de jQuery. Primeiro porque o mercado pede por profissionais que dominem JavaScript – o que mais tem nessa área é gente que acha que sabe jQuery, mas na verdade só sabe instalar plugins jQuery (ou seja, será que você sabe mesmo jQuery?). Segundo porque é possível fazer muita coisa com JavaScript sem a necessidade de carregar arquivos e plugins pesados jQuery.

Dominar JavaScript só vai te tornar um profissional mais completo!

O curso não é muito corrido ou curto?

Esse é, a meu ver, o único ponto negativo do curso. Foram 32h em 4 sábados, das 9h às 17h, com duas pausas de 15 minutos e uma de 1h. Se fossem 6 sábados acredito que poderíamos fazer mais exercícios e nos aprofundarmos mais em alguns temas.

Por exemplo, não tivemos muito tempo para Grunt e AngularJS. Não foi falta de planejamento do professor ou coisa do tipo, foi falta de tempo mesmo. Tudo foi explicado nos mínimos detalhes, e é esse tipo de professor que você quer ter. Mas quando o tempo é curto, algum sacrifício tem que ser feito.

Curso de JavaScript na Caelum: veredito

curso online javascript alura

Se você preferir aulas online, há a Alura, que também é da Caelum!

Sim, vale a pena fazer o curso de JavaScript na Caelum. Fica a sugestão de incluir mais horas para melhor aproveitamento (ou até mesmo dividir o curso em duas partes, como JavaScript para iniciantes e JavaScript avançado), pois justamente pela correria hoje minha opinião é que, a não ser que já tenha uma noção maior de JS, você não sai de lá totalmente “formado” – ou seja, você precisará consultar a apostila algumas vezes e fazer mais exercícios até pegar o jeito.

Felizmente a apostila é bem completa, e se você é como eu, que precisa de um “empurrãozinho” pra aprender melhor alguma coisa, pode fazer o curso tranquilo!