O que é Black Hat SEO?

O que é considerado como técnica Black Hat (Search Spam)? Como evitar isso? Como denunciar?

Black Hat SEO é algo que você deve evitar com todas as forças. Digo isso não só pelo fato de que você poderá ser banido pelo Google, mas também porque você contribui para a banalização do mesmo, de certa forma. Eu sempre defendi o SEO em páginas de conteúdo realmente relevante, afinal, eu também uso o Google e sei como é sofrer por conta de sites que se aproveitam de técnicas maliciosas de SEO para aparecerem no topo das pesquisas, mesmo sem conteúdo algum, visando um lucro maior a partir do AdSense, por exemplo.

Se você é honesto e faz um bom conteúdo, merece ter mais relevância nas buscas. Mas, por favor, jogue limpo. Vou falar um pouco sobre as técnicas mais graves de Black Hat para você saber se o que você está fazendo é errado e como isso pode te prejudicar. Afinal, se o seu conteúdo é relevante, pra que correr o risco de ser banido?

» Siga-me no twitter e assine a newsletter para ler mais novidades!

Sobre Black Hat SEO

black hat seo

Piadinhas como “o lado negro da força” não serão permitidas neste artigo! (créditos)

Acredito que uma das primeiras coisas que um “aprendiz de SEO” deveria fazer é pesquisar e entender sobre o que não se fazer com SEO. Quando você sabe o que é errado e por que é errado, você começa a entender melhor sobre como tudo funciona. Afinal, quando você diz o por que de algo ser errado, você precisa explicar o que é o certo a se fazer – ou isso acaba ficando subentendido. Dúvidas surgem, e com elas o interesse. Bom, é a minha opinião, assim como boa parte do texto.

Escrevi cada tópico deste artigo em três etapas: Uma dúvida, uma solução Black Hat e o por que de você não usá-la. O assunto é sério, mas nem por isso o texto precisa ser sério e chato. Talvez só chato.

Texto escondido | Hidden Text

Dúvida: Como adicionar certas palavras-chave à página quando o texto dela tem um assunto diferente?

“Solução”: Escondendo o texto! É só fazer a fonte ficar com a mesma cor do fundo ou colocar um display:none; no texto, por exemplo. Assim você pode escrever o que quiser e ninguém vai ler, a não ser os bots de busca.

Bom senso: Em primeiro lugar, por que atrair visitantes a partir de palavras-chave que não tem relação com o assunto daquela página? Em segundo lugar, por que esconder conteúdo do visitante e não dos bots? Hidden Text não faz o menor sentido e é duplamente errado. Tenha um foco e faça conteúdo relevante para os visitantes que você quer naquela página. É possível fazer um bom conteúdo com um bom uso de palavras-chave.

Keyword Stuffing

Dúvida: Como melhorar a Keyword Density das minhas páginas e ser mais relevantes nas buscas para tais palavras-chave?

“Solução”: Entupindo a página com a palavra-chave em questão!

Bom senso: Antes de mais nada, Keyword Density (alta densidade de palavras-chave) é uma prática White Hat SEO. Os buscadores valorizam páginas com uma boa densidade de palavras-chave, já que teoricamente elas apresentam mais informações sobre o assunto em questão. Porém, o abuso dessa técnica, além de tornar a página cansativa e repetitiva, é mais um risco de passar batido pelos buscadores, que interpretam a prática como spam. Afinal, É spam.

Link Farm

Dúvida: Como conseguir links estratégicos de graça para o meu site?

“Solução”: Criando vários blogs/sites e linkando uns aos outros! Nem que seja um link escondido

Bom senso: A parte do link building pode ser a parte mais difícil do SEO (em alguns casos), mas nem por isso você deve extrapolar desta forma. Vale muito mais a pena investir todo esse tempo em uma prática White Hat SEO que, de fato, poderá trazer resultados inferiores a curto prazo, mas tais resultados nunca trarão o risco de banimento ou penalização. E outra, com Link Farm você ainda corre o risco de “fazer o errado de uma forma errada”, linkando seu site em vários domínios cuja o conteúdo não tem relação alguma com o seu. Ah, e eu nem preciso falar nada sobre os links escondidos, né?

Spam

Bom, aqui eu nem preciso falar muito. Comentar em blogs e fóruns, por exemplo, linkando o seu site, além de extremamente chato – tanto para você quanto para os visitantes e usuários da página – e obsoleto (a maioria desses sistemas usa rel=”nofollow” hoje em dia, ou seja: seus links não valem nada), é errado por ser spam.

Doorway Pages

Dúvida: Meu site tem um péssimo SEO e não há como melhorá-lo. Como arranjar uma solução externa para isso?

“Solução”: Que tal um domínio com uma keyword relevante e uma página otimizada com links estratégicos apontando para o seu site?

Bom senso: Em primeiro lugar, isso não faz o menor sentido. É difícil entender por que alguém faria isso. Ah sim: Sites em flash. É realmente difícil otimizar um site em flash. Mas ainda assim não vale a pena, além de obviamente você correr o risco de ser penalizado.

Cloaked Pages

Dúvida: Às vezes uma página muito bem otimizada pode ser desagradável para o visitante. O que eu faço?

“Solução”: Que tal mostrar essa página apenas para os buscadores e mostrar uma página com conteúdo “amigável” para os visitantes?

Bom senso: Entendo perfeitamente o problema e sei como pode ser complicado, tanto que nem sempre o uso de Cloaking é considerado Black Hat. Cada caso é um caso, então, para maiores informações, leia o artigo sobre Cloaking no Mestre SEO. Um exemplo de Cloaking Black Hat é usar os plugins de SEO do WordPress para reescrever o título das páginas usando palavras-chave que não condizem com o conteúdo.

Compra e troca de links

Dúvida: Como conseguir links para o meu site?

“Solução”: Comprando e/ou trocando links!

Bom senso: Primeiramente, compra de links só é Black Hat quando o rel=”nofollow” não é usado. Você pode comprar links para aumentar o tráfego do seu site, mas não para melhorar o rankeamento do mesmo. O mesmo vale para a troca de links.

Cadastro excessivo em sites de busca

Dúvida: Como cadastrar meu site em motores de busca sem ter muito trabalho?

“Solução”: Use sites que cadastram seu site em milhares de buscadores ao mesmo tempo!

Bom senso: Essa é uma prática de spam. Em primeiro lugar, você deve analisar os buscadores. Se eles não forem interessantes para o público do seu site ou simplesmente apresentarem uma interface ruim, por exemplo, devem ser descartados. O cadastro manual é sempre o mais recomendável.

Blackhat SEO?

black hat seo

Harr! O Google pode te mandar para a prancha, marujo! (créditos)

Isso é um marketing antiético, a grosso modo. É como escolher o Blanka no Street Fighter, prender o adversário no canto da tela e ficar eletrocutando-o. Uma apelação.

Se você quer melhorar o posicionamento do seu site em motores de busca, saiba que existem inúmeras técnicas White SEO (ou seja, técnicas corretas) que podem funcionar apenas a médio ou longo prazo, mas nunca trarão banimentos, punições e coisas do tipo. Black Hat SEO, definitivamente, não vale a pena. E não digo isso só por ser “algo errado”, e sim por ser arriscado e antiético. Se você não sabe como melhorar o SEO do seu site, contrate um profissional. É um investimento que vai valer – e muito – a pena.

Se você tem sugestões, dicas ou correções à fazer, sinta-se à vontade nos comentários! Reforço que boa parte do que foi dito aqui é apenas a minha opinião, mas nem por isso vou me fechar para discussões. Este é um aprendimento constante, afinal.

* Observação: Acredito que tenha ficado claro que a parte “Solução” de cada tópico supracitado foi justamente colocada entre aspas para ilustrar sarcasmo. Essas são soluções Black Hat, e como eu disse repetidas vezes no texto elas são práticas erradas. Então, não tentem isso em casa.