Quanto custa um layout para blog?

O preço de um layout para blog pode variar. Mas você sabe como é feito um blog? Vamos justificar os preços e estimarmos quanto custa um layout!

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp

É essa a pergunta que eu mais ouço (ou leio, no caso). Quanto custa um layout / tema para WordPress? Não foi por acaso que eu criei um formulário de orçamento, afinal, uma coisa é certa: blog A é diferente do blog B, que é diferente do blog C e por aí vai. O que eu quero dizer é que não há uma média de preço, um orçamento sempre precisa ser feito.

Bom, até aí tudo bem. Mas… é caro?

Vamos manter contato?

Assine a newsletter do blog preenchendo o formulário!
Se precisar de algo, solicite um orçamento. É sem compromisso!
Se não quiser nada disso, sem problemas! Continue lendo o post abaixo :D

dinheiro - quanto custa um layout?

O preço é mesmo o foco? Mas e a qualidade? (crédito)

Que cada um tem seu preço é fato, até porque cada web designer tem seu próprio processo de trabalho e seu diferencial (isso quando você não está contratando um sobrinho). Infelizmente o que muita gente que quer um layout para blog faz é optar pelo preço, e não pela qualidade, pelo novo, pelo diferencial.

E daí que você não ganha nada com seu blog e que ele é só um hobby para você? Um hobby é algo que merece o melhor investimento possível, independente do que ele seja. Um hobby te motiva, te desestressa, te diverte. Não há nada de errado ter um hobby, há? Por que não ter um hobby SENSACIONAL, então?

O meu hobby, por exemplo, é beber cerveja. Eu não dispenso uma Guinness mesmo a R$16, e não é porque eu transbordo dinheiro – quem dera -, e sim porque eu trabalho a semana inteira, o ano inteiro, a vida inteira… e mereço uma recompensa. Não que eu esteja comparando cerveja com blogs, só estou exemplificando a importância de um hobby bem valorizado.

Mas não fujamos do assunto. Afinal, quanto custa um blog? Acredito que você está fazendo essa pergunta cedo demais. Antes, responda para mim: Você sabe como é feito um blog?

www

Infelizmente ele não vem pronto e com manual de instruções. (crédito)

Muita gente acha que um blog pode ficar pronto em duas horas (algumas pessoas já até me perguntaram se eu cobro pelo meu trabalho). Vou explicar passo-a-passo como é o meu processo de trabalho, assim, caso você não faça ideia de como é feito um blog, vai poder ter uma noção mais exata de “caro” e “barato” na hora de um orçamento, por exemplo.

O briefing de um blog

Bom, precisamos saber o que exatamente o cliente quer, detalhadamente. Não só para o orçamento, mas principalmente para o desenvolvimento do projeto.

O nosso papel não é apenas pegar o que está escrito e colocar em prática. Um web designer deve ser criativo e participativo, dando sugestões, apresentando novas soluções e tudo mais sempre que possível. Uma discussão sobre o projeto deve ser feita até que o briefing seja compreendido e tudo esteja certo para o início da produção. Muitas vezes uma pesquisa mais elaborada precisa ser feita antes de mais nada.

Pesquisando blogs

O que rola nos blogs concorrentes ou parceiros com conteúdo semelhante ao seu? O que todos tem em comum e o que cada um tem de diferente? O que pode ser um diferencial? Dúvidas, dúvidas e mais dúvidas. Quanto mais perguntas, melhor. Perguntas relevantes, é claro.

Parece simples, mas uma pesquisa pode demorar horas.

Logo

» Leia: Como fazer um logo

Logos são complicados. O artigo linkado acima explica bem seu processo de criação, vale a pena ler.

Resumidamente: Mais pesquisa, muitos rascunhos, muita discussão, muitas horas… até chegar lá. Não é só escolher a Helvetica e um Webding (ou desenhar um personagem da Nickelodeon), o briefing e a pesquisa são essenciais aqui. Muitas vezes o logo é o trabalho mais demorado do projeto.

Layout

Mesmo processo: Pesquisa, rascunhos, discussão, horas… e por aí vai. E sempre pensando já em como aquilo tudo vai funcionar no browser, afinal, não se trata só de design.

Se o briefing não foi claro lá no começo, nem preciso dizer que tudo pode atrasar e ficar mais complicado, né? Por isso é muito importante dizer o que exatamente se tem em mente antes de mais nada. Se algo for deixado pra ser discutido apenas quando a produção está em andamento, se for necessário o web designer pode cobrar isso por fora. Afinal, são mais horas gastas e mais trabalho a se fazer, isso não foi calculado na hora do orçamento.

E se depois de todas as tentativas você não ficou satisfeito com o trabalho dele e quiser desistir, ele deve calcular um preço pelo trabalho já feito. Afinal, por mais que você não queira o trabalho, você o contratou e ele trabalhou no seu projeto, não seria justo que ele não ganhasse pelo que fez.

Codificação, Programação e Configuração

Quando a coisa começa a funcionar. CSS, HTML, programação, plugins, ferramentas etc. Aqui é quando o web designer “desaparece” e só volta quando tudo estiver funcionando. Pode demorar bastante, afinal, “cada blog tem seu DNA”.

E tem mais…

Debugação

Eu dou suporte para 10 browsers: IE 7, IE 8, FF 2, FF 3, FF 3.5+, Safari 3, Safari 4, Opera 9, Opera 10 e Google Chrome. Há algumas diferenças gritantes entre esses browsers, e por mais que alguns sejam pouco usados, eu não os ignoro. Cada um escolhe o browser que quiser, não é justo dar preferência só para a maioria. E se a minoria for o público mais fiel? E nem que seja o mais fiel, a minoria ainda é público.

Ajustes finais e… layout pronto!

Um ajuste ou outro sempre é feito – mas nada gritante. Se é algo que vá muito além do combinado no começo, o web designer deve fazer um novo orçamento. Afinal, repito: são mais horas gastas e mais trabalho a se fazer, isso não foi calculado na hora do orçamento. Por mais que o trabalho pareça simples, você deve confiar em quem você contratou, não é mesmo? Muitas coisas parecem ser muito simples de serem feitas, sim. Mas e o planejamento? Como chegar até aquilo? Quais ferramentas usar? Por que fazer? Pra quem aquilo vai ser direcionado? Por que essas pessoas vão gostar? Como vai funcionar?

planta

O cérebro não é a enchada. É o terreno. (crédito)

Por que ter um blog, afinal?

E aí?! É um hobby, uma profissão…? Pra que ter um blog? Por que contratar alguém para fazer o layout e sua implementação? Antes de saber se o preço vai valer a pena, você precisa saber se o blog vai valer a pena. Questione-se. E se você achar o preço muito alto, pense no investimento que você está fazendo. Se for um hobby: A sua qualidade de vida tem preço? Se for uma profissão: Esse dinheiro não vai acabar voltando?

Mas… quanto custa um layout?

Cada caso é um caso. Sendo assim, depois de analisar todas as etapas acima, um orçamento deverá ser feito baseado no trabalho que será feito. Não há uma média de preços, nem um mínimo ou máximo. E vale reforçar que um layout não é só design, também é acessibilidade, usabilidade, identidade visual, SEO e muito mais, além de não ter “data de validade” – ele dura pra sempre e pode te trazer lucros (sim, blog dá dinheiro!).

Por fim, uma coisa é certa: profissional tem que se valorizar. Já vi muitos casos de “sobrinhos” que pegam layouts prontos gratuitos na internet, fazem uns ajustes e vendem para o cliente. Já vi preços absurdos, sendo eles altos demais ou baixos demais. Já vi de tudo. Web Design precisa ser levado a sério, tanto pelos profissionais quanto pelos clientes. O mercado na internet está crescendo cada vez mais e não estamos mais na era do HPG, Kit.Net e Geocities.

Aliás, que saudade!

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp

Do que você está precisando?

Um site novo? Suporte para WordPress? Criação de logo? Outra coisa? Fale comigo!

24 comentários

  • Bruno

    Estou muito interessado em ter um template próprio, e sei que, o que vai ser gasto, vai voltar.

    Responder
    • Fabio Lobo

      Fala, Bruno!

      Recebi o seu e-mail; já já faço o seu orçamento, tudo bem? ;]

      Valeu!

      Responder
      • juliana sciammarella maia

        faz um orçamentp pra mim meu blog ta fazendo 1 mes hoje

        Responder
      • Michelle

        Amigo, eu gostaria q me passasse seu contato P falarmos sobre um blog q eu gostaria q vc fizesse o template dele…

        Responder
        • Fabio Lobo

          Oi, Michelle! Vi que você já entrou em contato. Vamos nos falando!

          Responder
  • Blog do Hiago

    Olá fabio pow cara nao cobra muito cara nao valeu Será algo básico

    Responder
    • Fabio Lobo

      Fala, Hiago!

      Cara, qualquer trabalho, sendo ele básico ou não, requer trabalho. Leia o artigo acima com mais calma para entender melhor. ;]

      Responder
  • rodrigo

    cara ta de parabéns pela explicação, explanou muito bem e digo mais… tudo que você explicou tem muita razão e devido aos “sobrinhos” e aos profissionais que não se valorizam é que perdemos um pouco de créditos… mas não podemos dar o braço a torcer certo ? hehe

    sou webdesign também e faço justamente o que foi citado. exceto a valorização dos 10 browsers =(

    valorizo ie6 ie7 ie8 ff3+ opera9+ e chrome pouco faço para o safari..

    vlw grande abraço

    Responder
    • Fabio Lobo

      Fala, Rodrigo!

      Cara, só uma dica: O IE6 tornou-se obsoleto, pouquíssimas empresas estão dando suporte ao mesmo. Nem a Microsoft! Substitua-o pelo Safari, lembre que o público que usa Mac é grande. ;]

      Responder
  • Vinicius

    Cara, Parabéns Pelo seu Trabalho inteiro. Quero ser um Web Dsigner profissa, Tenho apenas 13 anos , e quero fazer algumas aulas de Web Dsigner, Logo logo to na facul ja, Quero ter um Template de um Blog só meu, De minha Autoria =D , Li tudo oque você Citou La “encima” e Entendi, Varias pessoas Não Valorisão o Trabalho dos Web Disgners , Eles Fazem o Template e Retiram Creditos, e isso acaba não dando ” Popularidade ” se posso Citar assim.

    abraço o/

    Responder
    • Fabio Lobo

      Fala, Vinicius!

      Boa! E fuce bastante, prática é essencial. ;]

      Responder
  • Ramon Oliveira

    Nossa Fabio, está de parabéns pela forma clara de demonstrar para nós criadores de blogs o importante do layout e tal…
    Vou fazer um orçamento, mas como que é feito esse processo mesmo?
    Obrigado ^^.

    Responder
    • Fabio Lobo

      Fala, Ramon!

      Obrigado pelo elogio, rapaz! E em relação ao orçamento, é só pegar tudo o que o cliente quer, transformar isso em horas que você vai gastar com tudo e transformar essas horas em um valor. Aí vai de cada um!

      Responder
  • Antonio Braulin

    bom, gostei mto de vários post e desse principalmente, pq apesar de ser um “amador” sem nenhuma didatica em sala de aula, faço meus layouts, blogs e sites pra comerciantes e tenho que cobrar mto barato pq eles acham que e simplesmente abrir uma conta no ORKUT que e colocar um e-mail uma senha, nome do comércio e pronto. mas so faço os que ja prometi depois não faço mais, Se é tão fácil? pq me procuram pra fazer?

    Responder
    • Fabio Lobo

      Antonio, sem estudo e persistência, você não tem argumentação e nem um portfolio rico, quem sabe cases. Logo, o trabalho sempre será mal remunerado e os clientes sempre vão questionar como se tudo fosse muito fácil – a nossa profissão não é só fazer o que o cliente quer, é fazer o que o cliente precisa e explicar isso pra ele, passar confiança. Fica a dica. ;]

      Responder
  • Felipe

    Boa noite Fabio, gostei muito do seu post. Eu estou começando o meu blog,
    e quero um Layout mais a minha cara. um tipo de blog comic de videos e imagens engraçadas.
    como faço pra saber o preço dos themes?
    Obrigado.

    Responder
    • Fabio Lobo

      Como assim? Normalmente, os sites que vendem temas de WordPress, como o TemplateMonster, divulgam o preço.

      Responder
  • Leonardo Amaral

    Olá Fábio,
    Desde muito tempo sou seu fã e do André Bets. Admiro muito o trabalho de vocês. Tenho 14 anos e meu sonho é ser um web designer como você ^^ (serião, não to puxando saco =D ) . Já sei criar templates para Blogger, e sites simples com PHP e CSS . Mas acredito que um dia chego lá. Nunca fiz um curso ou algo do tipo. Tudo que aprendi foi fuçando e fuçando. Nunca fiz um blog ou site para outras pessoas somente para mim mesmo até porque meu trabalho é bem simples. Caso você pudesse me dar uma dica de como criar logos e mascotes eu ficaria agradecido pois eu desenho bem no papel mais quando passo pro computador vira aquela merda rs… Agradeço desde já!

    Responder
    • Fabio Lobo

      Fala, Leonardo!

      Bacana saber que você curte nosso trabalho, obrigado!

      Eu comecei como você: não fiz nenhum curso, aprendi fuçando e coisas do tipo. Mas só quando comecei a estudar de verdade eu vi meu trabalho evoluindo. Então, recomendo que você procure por cursos cujo conteúdo te agrade!

      Responder
  • Airton Baptista

    Muito bom seu cometário, mas acredito que os preços, muito baixo e muito alto que foram comentados, existem devido a dificuldade de se encontrar comentários mostrando valores e como se chegar a esses valores. Fiquei desempregado a mais ou menos 2 semanas e como tenho conhecimentos em CSS, HTML, PHP, estou pensando em ganhar dinheiro fazendo sites. Já pesquisei vários comentários e percebo que não existe um padrão para se chegar a um determinado valor. Falam muito em valorização. Uns apenas dão um determinado valor, outros por páginas, outros por tipo de site e etc…
    A minha pergunta é: Como se cobra? Por página?, Por conteúdo?, Por tipo? Por conteúdo, página e tipo? Se for por página, quanto seria o valor por página? Por página e tipo, então quanto se cobraria?
    Acredito que quando os comentários vierem com as duas informações, vamos começar a ter um padrão de cobrança e a valorização que tanto se fala, irá começar a existir.

    Responder
    • Fabio Lobo

      Airton, de certa forma em todas as áreas é assim. Você precisa cobrir seus gastos (por exemplo: internet e energia elétrica + tempo que você está utilizando no projeto), e o resto é lucro. O lucro cada um define do seu jeito. Por exemplo, você pode ir a um boteco e comer uma coxinha por R$2,00, e depois ir a um bar mais “chique” e comer a mesma coxinha por R$5,00.

      Responder
  • karol

    gostaria de ter meu blog com minha personalidade e organizado pode me ajudar??

    Responder

Comente!

Espaço reservado apenas para comentários sobre o post. Então, se você deseja um orçamento, por favor, entre em contato para que possamos conversar.

Quem é Fabio Lobo?

fabio lobo

Sou eu! Quer saber ainda mais sobre mim?

Bom, a maioria dos trabalhos que faço — na área de web design e desenvolvimento front-end — é com WordPress, com foco em usabilidade, facilidade e performance (tudo isso com design responsivo, é claro!). Também sou fundador de outros projetos, como a WOWF e a FicaOn.

Quer saber mais sobre esse tal de Fabio Lobo? Veja meu currículo ou siga-me nas redes sociais acima. Ah! Você também pode acessar meu blog, que é focado em web design e desenvolvimento.