Quanto custa uma loja virtual em WooCommerce

Para saber quanto custa uma loja virtual em WooCommerce (WordPress), é preciso ter em mente algumas informações. Saiba mais sobre orçamentos e preços!

WooCommerce é um plugin para WordPress que o transforma em uma loja virtual. Ele é um plugin grátis, mas é claro que não faz tudo – então, sempre me perguntam “Quanto custa uma loja virtual em WooCommerce?”.

Como eu sempre preciso saber mais detalhes – ou seja, ter um briefing em mãos –, essa é uma resposta impossível de ser respondida assim, de primeira. Vou explicar por quê!

» Siga-me no twitter e assine a newsletter para ler mais novidades!

Loja Virtual em WooCommerce

quanto custa uma loja virtual em woocommerce wordpress

Lojas virtuais em WooCommerce/WordPress: quanto custam?

Ter uma loja virtual em WooCommerce é uma opção muito boa por vários motivos – principalmente se você precisa de algo personalizado e não tem muito para investir.

É importante dizer que há mais de uma forma de criar uma loja virtual com WordPress: há outros plugins além do WooCommerce, e para todos há soluções prontas e soluções personalizadas.

Bom, meu foco aqui será com o plugin WooCommerce. Para as soluções prontas você pode ler meu post sobre templates lojas virtuais. Por aqui vou falar sobre a solução personalizada, que é criar um e-commerce com WooCommerce do zero!

Quanto custa uma loja virtual em WooCommerce?

Para saber quanto custa uma loja virtual em WooCommerce, é preciso coletar algumas informações importantes sobre o projeto. Isso porque não há um valor fixo ou único – cada caso é um caso e precisa ser estudado.

Para começar, é quase impossível orçar um projeto idêntico ao outro (em alguns casos, recebo pedidos de orçamento “quero uma loja igual a essa outra”). Visualmente um projeto pode parecer bem simples, mas por dentro – ou seja, na programação – é que a coisa fica complicada. É como um relógio: por fora você vê as coisas de forma muito simples, mas se abrir um vai ver a complexidade para fazer com que os ponteiros se movam e tudo mais. Algumas lojas online têm recursos e ferramentas muito específicas que podem não ser identificadas só de visualizar a loja, e dependendo do seu segmento você precisará de algumas coisas diferentes, a mais ou a menos. Não adianta pedir algo parecido com um navio se você precisa de um jet ski só pra saber o preço – você receberá o valor de um navio e desistirá do projeto (ou gastará muito mais do que deveria). No caso inverso, você e o profissional terão dores de cabeça intermináveis, prejuízos, atrasos, algo não funcionará bem e por aí vai.

Então, pra não ter erro, é imprescindível a elaboração de um briefing, que nada mais é do que um detalhamento contendo tudo o que precisa ser feito. O briefing é feito através de uma troca de informações entre o cliente e o profissional: o cliente diz o que precisa com todos os detalhes possíveis, o profissional analisa tudo, faz sugestões, dá orientações e tudo mais (afinal, o cliente pode não entender nada da área, o que não é a obrigação dele mesmo, então é papel do profissional ajudar). Através do briefing é feito um descritivo do projeto para ambas as partes saberem o que será orçado e acordado.

Leia também: O que é briefing e qual é sua importância?

Sendo assim, se sua dúvida é “quanto custa uma loja virtual em WooCommerce”, lembre-se de que várias outras perguntas serão feitas até o preço ser definido!

Processo de trabalho para criação de loja virtual em WooCommerce

Agora você já sabe que detalhes são necessários… mas e o trabalho em si para criação de uma loja virtual em WordPress?

Abaixo passo um resumo do meu processo de trabalho, o que pode variar de profissional para profissional. Saiba mais sobre como é esse trabalho!

Fase 1: Criação

A primeira parte do projeto é focada no visual do e-commerce. Usando como base sua identidade visual (isso é, caso você tenha uma – a começar por um logo) e o que será preciso para a loja, é feito um rascunho de tudo. A partir daí é criado um wireframe e, em seguida, é feito o layout que definirá o design final da loja online. Tudo com imagens, sem códigos, ferramentas etc.

Claro, o trabalho de design não é só fazer algo bonito – aqui é feita uma análise de referências e concorrentes, o projeto é todo colocado no papel, são feitos estudos de usabilidade, navegação etc, adaptação para diversos tamanhos de tela (o chamado design responsivo), dentre outros detalhes. Isso tudo respeitando a identidade visual da marca.

Fase 2: Desenvolvimento

As engrenagens do relógio, seguindo o exemplo citado mais acima. Há “dois tipos” de código: o front-end, que trabalha o visual da loja virtual, e o back-end, que faz os recursos da loja funcionarem.

Nessa fase também são trabalhados conceitos de usabilidade, além de segurança e performance. Dentre outros detalhes mais técnicos estão a configuração dos plugins, integrações e vários testes (inclusive em diferentes sistemas operacionais e navegadores), tudo para ter certeza de que está tudo funcionando bem antes de clientes de verdade começarem a utilizar a loja.

Fase 3: Entrega

O trabalho não para na entrega – é preciso explicar como usar o sistema, fazer um acompanhamento, eventuais ajustes e o que mais for necessário até estar tudo certo. Aliás, por se tratar de um e-commerce em WordPress, o recomendável é ter o desenvolvedor por perto constantemente através de um contrato de manutenção/suporte, por exemplo.

Independente disso, eu sempre mantenho contato com os clientes, já que o WordPress tem atualizações constantes, além de outras novidades da área.

Orçamento para loja virtual em WooCommerce

Sim, é um pouco mais complicado do que você imaginava, certo? Mas não se preocupe: o ideal é ter tudo não só em mente, mas por escrito, antes de colocar a mão na massa.

Se você precisa de uma loja, que tal pedir um orçamento para saber quanto custa uma loja virtual em WooCommerce? É sem compromisso! :D