Saiba como os freelancers e blogueiros podem utilizar o Bitcoin

Se você ainda não utiliza o Bitcoin, é hora de conhecer a moeda! Confira algumas dicas para utilizar a moeda digital em seu blog ou negócio online.

bitcoin
Já conhece a moeda digital Bitcoin? Ela pode ser ótima para seu negócio online!

O Bitcoin está há algum tempo na moda, e provavelmente você já leu algo relacionado a essa moeda esses dias, mesmo. Afinal, ela atingiu a níveis históricos de valorização em 2017 e vem crescendo desde o início de utilização mundial, em 2009.

No entanto, o Bitcoin não tem uma linguagem muito fácil para quem é leigo no assunto. A moeda digital funciona de maneira descentralizada, ou seja: não é nada convencional aos padrões tradicionais de moedas como dólar, euro ou real. Como a moeda pode ser uma bela carta na manga dos freelancers e blogueiros, é bom conhecer de perto suas vantagens e funcionamento.

Mas antes de ir para o que realmente interessa aos blogueiros, profissionais de marketing digital, web design e desenvolvimento, é preciso entender o mecanismo do Bitcoin para você poder utilizá-la da melhor maneira.

Como funciona o Bitcoin?

O Bitcoin funciona através do sistema peer-to-peer. Não há um intermediador entre as negociações digitais. No sistema tradicional do banco, quando uma pessoa realiza uma transferência monetária para outra, o banco interfere, muitas vezes ajustando taxas e pegando uma pequena fatia para si. No Bitcoin é diferente: Uma transação entre duas pessoas é direta, feita de maneira descentralizada.

O fato de o Bitcoin ser descentralizado e funcionar no método peer-to-peer cria vantagens únicas. Por se tratar de uma moeda digital, uma transação entre você e uma pessoa da China, por exemplo, não sofre nenhuma interferência de terceiros. Com o Bitcoin, não há inflação, pois a quantidade de moedas digitais disponíveis é controlada a pulso firme para isso não acontecer — o mercado já tem, calculado, as taxas do Bitcoin até 2140, por exemplo.

Outra vantagem é qualquer pessoa pode ter acesso ao Bitcoin, comprá-la e vendê-la — não há nenhuma restrição. Sendo um blogueiro que começou semana passada ou uma empresa super consolidada no mercado, essas duas partes estão em pé de igualdade, teoricamente.

Ele é utilizado em diversas facetas da sociedade, sendo possível comprar roupas, carro, eletrodomésticos e muitas outras coisas através da moeda digital. Também é utilizada em transações no mercado financeiro e passível de ser usado para tarefas alternativas, como por exemplo no poker, em que os jogadores podem investir através da moeda.

Além disso, o Bitcoin é classificado como melhor investimento do mundo, tendo ganhado essa honraria nos últimos dois anos, e em 2017 ganhou a moral de valer mais do que o ouro. Isso tem chamado a atenção de muitos investidores do mercado, criado especialistas no assunto e também atraído outros concorrentes. E se trata de uma moeda digital que é imune as crises, ou seja, não importa o poder financeiro do país para usá-la e vendê-la.

Com todas essas vantagens do Bitcoin explícitas, é possível traduzir muito disso para o seu site com um toque de criatividade.

Como usar a moeda Bitcoin em seu negócio online

A vantagem mais importante é criar uma alternativa para conteúdo protegido por assinatura, por exemplo. Isso é algo comum nos sites entre os freelancers e blogueiros que querem rentabilizar a produção de material nos sites. No entanto, o jeito mais comum de travar conteúdo é cobrar uma quantia para o leitor pagar através do cartão de crédito — porém, muitas pessoas não têm cartão de crédito. Como o Bitcoin é de livre uso para qualquer cidadão, criar essa alternativa de pagamento para sua carteira digital é uma saída interessante.

O uso dessa moeda digital também pode trazer a possibilidade de um site remunerado funcionar através do Bitcoin. Isto é, o redator freelancer pode enviar um artigo para um determinado site e, de acordo com o número de visualizações, o escritor do artigo pode ser recompensado através do pagamento dos leitores ou da conversão de propaganda que esse artigo rendeu para o site. É uma maneira criativa e produtiva de remunerar os redatores.

A outra vantagem do Bitcoin nos sites é o pagamento de conteúdo externo. Com o mundo cada vez mais globalizado, a criação de peças de marketing para outros países pode ter como método de pagamento o Bitcoin. Dessa maneira, não há nenhuma taxa entre as partes e isso facilita muito a transação de profissionais de países diferentes.

Por fim, você pode aceitar pagamentos de seus projetos com Bitcoin, ou até mesmo vender os produtos de sua loja virtual com a moeda como uma das formas de pagamento. Com isso você tira da frente várias burocracias e taxas — e isso é uma tremenda vantagem, não é mesmo?

O Bitcoin chegou para ficar. A expectativa da popularidade dessa moeda é só crescer nos próximos meses e seguir a curva ascendente. Começar a aplicar essa moeda digital no seu site gera a possibilidade de você largar na frente do seu concorrente e inovar.

E você, já usa a moeda?

Não é permitida a reprodução integral desse conteúdo. A cópia pode ser ruim para você!

Do que você está precisando?

Um site novo? Suporte para WordPress? Criação de logo? Outra coisa? Fale comigo!

Quero um orçamento

Blog

Veja todos na página do blog

Design de Ambientes Virtuais: como é ser Web Designer

Quer saber como é trabalhar com web design? Confira essa entrevista sobre a área e tire suas dúvidas sobre a profissão!

Comparando modelos de sites de gastronomia, jogos, estilo de vida e landing pages

Confira uma análise de alguns sites desses nichos e tenha referências para o seu novo site!

Como melhorar o SEO de seu site visando subir nas buscas

Quer saber como otimizar ainda mais seu site? Saiba como é feito um trabalho de SEO e siga os passos para ter um site melhor indexado.

Comentários

2 comentários até o momento

  • Ótimo post, Fábio. O Bitcoin está ao nosso redor, mas ainda não “picou” as pessoas. É uma questão de tempo, apenas.

    Responder
    • Concordo! Rola uma insegurança por ser algo diferente do que estamos acostumados em relação a transações e principalmente por ser uma moeda virtual, mas o futuro é esse aí.

      Responder

Deixe seu comentário

Se você deseja um orçamento, entre em contato clicando aqui.

Quero um orçamento