Saiba como os freelancers e blogueiros podem utilizar o Bitcoin

Se você ainda não utiliza o Bitcoin, é hora de conhecer a moeda! Confira algumas dicas para utilizar a moeda digital em seu blog ou negócio online.

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
bitcoin

Já conhece a moeda digital Bitcoin? Ela pode ser ótima para seu negócio online!

O Bitcoin está há algum tempo na moda, e provavelmente você já leu algo relacionado a essa moeda esses dias, mesmo. Afinal, ela atingiu a níveis históricos de valorização em 2017 e vem crescendo desde o início de utilização mundial, em 2009.

No entanto, o Bitcoin não tem uma linguagem muito fácil para quem é leigo no assunto. A moeda digital funciona de maneira descentralizada, ou seja: não é nada convencional aos padrões tradicionais de moedas como dólar, euro ou real. Como a moeda pode ser uma bela carta na manga dos freelancers e blogueiros, é bom conhecer de perto suas vantagens e funcionamento.

Vamos manter contato?

Assine a newsletter do blog preenchendo o formulário!
Se precisar de algo, solicite um orçamento. É sem compromisso!
Se não quiser nada disso, sem problemas! Continue lendo o post abaixo :D

Mas antes de ir para o que realmente interessa aos blogueiros, profissionais de marketing digital, web design e desenvolvimento, é preciso entender o mecanismo do Bitcoin para você poder utilizá-la da melhor maneira.

Como funciona o Bitcoin?

O Bitcoin funciona através do sistema peer-to-peer. Não há um intermediador entre as negociações digitais. No sistema tradicional do banco, quando uma pessoa realiza uma transferência monetária para outra, o banco interfere, muitas vezes ajustando taxas e pegando uma pequena fatia para si. No Bitcoin é diferente: Uma transação entre duas pessoas é direta, feita de maneira descentralizada.

O fato de o Bitcoin ser descentralizado e funcionar no método peer-to-peer cria vantagens únicas. Por se tratar de uma moeda digital, uma transação entre você e uma pessoa da China, por exemplo, não sofre nenhuma interferência de terceiros. Com o Bitcoin, não há inflação, pois a quantidade de moedas digitais disponíveis é controlada a pulso firme para isso não acontecer — o mercado já tem, calculado, as taxas do Bitcoin até 2140, por exemplo.

Outra vantagem é qualquer pessoa pode ter acesso ao Bitcoin, comprá-la e vendê-la — não há nenhuma restrição. Sendo um blogueiro que começou semana passada ou uma empresa super consolidada no mercado, essas duas partes estão em pé de igualdade, teoricamente.

Ele é utilizado em diversas facetas da sociedade, sendo possível comprar roupas, carro, eletrodomésticos e muitas outras coisas através da moeda digital. Também é utilizada em transações no mercado financeiro e passível de ser usado para tarefas alternativas, como por exemplo no poker, em que os jogadores podem investir através da moeda.

Além disso, o Bitcoin é classificado como melhor investimento do mundo, tendo ganhado essa honraria nos últimos dois anos, e em 2017 ganhou a moral de valer mais do que o ouro. Isso tem chamado a atenção de muitos investidores do mercado, criado especialistas no assunto e também atraído outros concorrentes. E se trata de uma moeda digital que é imune as crises, ou seja, não importa o poder financeiro do país para usá-la e vendê-la.

Com todas essas vantagens do Bitcoin explícitas, é possível traduzir muito disso para o seu site com um toque de criatividade.

Como usar a moeda Bitcoin em seu negócio online

A vantagem mais importante é criar uma alternativa para conteúdo protegido por assinatura, por exemplo. Isso é algo comum nos sites entre os freelancers e blogueiros que querem rentabilizar a produção de material nos sites. No entanto, o jeito mais comum de travar conteúdo é cobrar uma quantia para o leitor pagar através do cartão de crédito — porém, muitas pessoas não têm cartão de crédito. Como o Bitcoin é de livre uso para qualquer cidadão, criar essa alternativa de pagamento para sua carteira digital é uma saída interessante.

O uso dessa moeda digital também pode trazer a possibilidade de um site remunerado funcionar através do Bitcoin. Isto é, o redator freelancer pode enviar um artigo para um determinado site e, de acordo com o número de visualizações, o escritor do artigo pode ser recompensado através do pagamento dos leitores ou da conversão de propaganda que esse artigo rendeu para o site. É uma maneira criativa e produtiva de remunerar os redatores.

A outra vantagem do Bitcoin nos sites é o pagamento de conteúdo externo. Com o mundo cada vez mais globalizado, a criação de peças de marketing para outros países pode ter como método de pagamento o Bitcoin. Dessa maneira, não há nenhuma taxa entre as partes e isso facilita muito a transação de profissionais de países diferentes.

Por fim, você pode aceitar pagamentos de seus projetos com Bitcoin, ou até mesmo vender os produtos de sua loja virtual com a moeda como uma das formas de pagamento. Com isso você tira da frente várias burocracias e taxas — e isso é uma tremenda vantagem, não é mesmo?

O Bitcoin chegou para ficar. A expectativa da popularidade dessa moeda é só crescer nos próximos meses e seguir a curva ascendente. Começar a aplicar essa moeda digital no seu site gera a possibilidade de você largar na frente do seu concorrente e inovar.

E você, já usa a moeda?

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp

Do que você está precisando?

Um site novo? Suporte para WordPress? Criação de logo? Outra coisa? Fale comigo!

Leia também

Confira artigos relacionados ao post Saiba como os freelancers e blogueiros podem utilizar o Bitcoin.

2 comentários

  • Valdemir Fernandes

    Ótimo post, Fábio. O Bitcoin está ao nosso redor, mas ainda não “picou” as pessoas. É uma questão de tempo, apenas.

    Responder
    • Fabio Lobo

      Concordo! Rola uma insegurança por ser algo diferente do que estamos acostumados em relação a transações e principalmente por ser uma moeda virtual, mas o futuro é esse aí.

      Responder

Comente!

Espaço reservado apenas para comentários sobre o post. Então, se você deseja um orçamento, por favor, entre em contato para que possamos conversar.

Quem é Fabio Lobo?

fabio lobo

Sou eu! Quer saber ainda mais sobre mim?

Bom, a maioria dos trabalhos que faço — na área de web design e desenvolvimento front-end — é com WordPress, com foco em usabilidade, facilidade e performance (tudo isso com design responsivo, é claro!). Também tenho uma agência digital, a ANDALE!, e sou fundador de outros projetos, como a WOWF e a FicaOn.

Quer saber mais sobre esse tal de Fabio Lobo? Veja meu currículo ou siga-me nas redes sociais acima. Ah! Você também pode acessar meu blog, que é focado em web design e desenvolvimento.