Site ou aplicativo: qual é a melhor opção para seu negócio?

Está na dúvida sobre criar um site ou aplicativo para os seus serviços ou produtos? Confira uma análise com exemplos e entenda qual pode ser a melhor opção para você!

Por Fabio Lobo, atualizado em 09/09/2020.

Ao iniciar um negócio o próximo passo é, naturalmente, a divulgação dele. Nesse momento, é comum que surjam dúvidas sobre a melhor forma de levá-lo ao mundo digital, caso essa seja uma das maneiras por meio das quais pretende alavancar sua ideia: site ou aplicativo?

Tudo depende, é claro, do seu modelo de negócio, além do perfil dos seus clientes.

Você pode oferecer seus serviços por meio de um site, de um aplicativo mobile ou também disponibilizar ambas as alternativas para seus clientes.

No entanto, antes de tomar uma decisão, vale a pena verificar quais são as vantagens e desvantagens que cada plataforma pode apresentar.

É necessário fazer uma análise detalhada de seu produto ou serviço e do público a que se destina. Até porque criar um aplicativo só para ter um app pode ser desastroso – não tem coisa pior do que uma WebView malfeita.

O mesmo se aplica a um site que funciona muito bem em desktops mas é cheio de limitações em smartphones.

Mas como saber se um site ou aplicativo é a melhor opção para o seu negócio?

uma pessoa segurando um smarphone e outra navegando em um site no laptop

Analise seu mercado e foque no seu público

Uma das prioridades que grande parte dos empreendedores tem é fazer com que seus negócios alcancem o maior número de pessoas. Tal difusão pode ser realizada através da internet, por meio do  uso de plataformas variadas.

Entretanto, a escolha de desenvolver um site ou aplicativo vai depender do serviço ou produto que seu negócio oferece.

Atualmente, com o mundo virtual sendo parte inerente do nosso cotidiano, é possível encontrar diversos casos de sucesso quando se trata de serviços e produtos consagrados que oferecem a seus usuários canais de comunicação tanto em versões web quanto em aplicativos.

Tais casos são provenientes de setores bastante variados, mostrando que é possível implementar a experiência dos consumidores de distintas formas, visando sempre praticidade e comunicação clara – pontos que facilitam a divulgação de seu trabalho.

Casos e exemplos

Pra facilitar o entendimento, vou citar alguns exemplos de projetos que optaram por site ou aplicativo – e, em alguns casos, ambos.

Dessa forma será possível visualizar melhor o que funciona e o que pode fazer com que os usuários desistam do seu serviço.

Multiplataforma: site e aplicativo para computadores e smartphones

Um desses exemplos vem do mundo dos investimentos financeiros, ramo em que não apenas é necessário oferecer aos usuários interfaces intuitivas e fáceis de usar, como também práticas e que estejam disponíveis independentemente do lugar em que as pessoas se encontrem.

Ao fazer, por exemplo, o download do MetaTrader 4 para smartphones ou computadores, é possível comprovar isso.

Essa plataforma de análises financeiras permite aos usuários visualizar gráficos interativos de investimentos, o que facilita a tomada de decisões.

Ali, as contas dos usuários, as ferramentas de análise e as funções automáticas estão totalmente sincronizadas com o site, o que fornece uma justificativa prática para colocar seus recursos em prol do desenvolvimento de uma ferramenta multiplataforma como essa.

App mobile e para computadores

Ainda na área de investimentos, o app Stocks, da Apple, sempre foi um ótimo quebra-galho para ver a cotação da bolsa e gráficos simples. Mas era um aplicativo exclusivo para smartphones, então era preciso utilizar outra opção no computador.

No meu caso, pra não ter que depender de duas plataformas totalmente diferentes, abandonei o app durante um tempo. Afinal, não era nada prático ter que definir minhas ações de interesse em dois lugares diferentes.

Porém, recentemente a Apple lançou o mesmo aplicativo para computadores. Agora é tudo sincronizado e posso acompanhar os gráficos onde eu quiser.

Aplicativo e site responsivo

duas pessoas utilizando smartphones para utilizar um site ou aplicativo

Outro exemplo que pode ser mencionado é originário da indústria do entretenimento e já se tornou bastante popular no Brasil e no mundo.

A Netflix, além de disponibilizar fácil navegação e armazenamento das preferências de seus usuários na nuvem, oferece também aplicativos para dispositivos móveis e Smart TVs – que possibilitam ao usuário desfrutar da mesma experiência que tem quando acessa a plataforma web.

Vale destacar que, no Brasil, o número de assinantes da Netflix já se iguala à quantidade de usuários registrados em sistemas de TV por assinatura, o que é um claro exemplo da importância de oferecer uma ferramenta bem pensada e intuitiva, que seja voltada ao público no sentido de dar autonomia a ele e proporcionar fácil navegação.

Apenas site

Por fim, o SEMrush é um exemplo, ao menos até o momento que eu escrevo este post, ruim.

A plataforma funciona muito bem em desktops. É, de longe, a ferramenta SEO mais completa do mercado. Mas se você tentar utilizá-la em smartphones, vai se decepcionar.

Isso porque não há uma versão para telas pequenas. A ferramenta não é responsiva, então fica tudo minúsculo na tela. E o aplicativo parece ser experimental – ainda é muito básico.

A solução, nesse caso, seria focar apenas no site para telas grandes e encontrar uma forma de avisar para os usuários que não é possível utilizar o site em telas pequenas.

Não tem problema algum se seu serviço funciona em apenas uma plataforma. Em alguns casos, é impossível adaptar um programa para todos os dispositivos.

Nesse caso é uma pena, já que a utilização de smartphones é bem maior que a de desktops. Mas não há milagre: imagina um aplicativo do Photoshop com todas as ferramentas do original, para computadores?

Certamente seu smartphone iria ficar em chamas em poucos segundos.

O que não pode ser feito é deixar sua ferramenta ser visível em dispositivos que irão proporcionar uma experiência ruim para os usuários. Isso pode ser um tiro no pé.

App ou site, é ideal que seja compatível com dispositivos móveis

Em 2018 foi divulgado em fontes diversas que no Brasil há mais de um smartphone ativo por pessoa. Eu mesmo tenho dois: um pessoal e um para o trabalho.

Fatos como esse vêm fazendo com que muitas empresas tenham o desejo de levar seu conteúdo literalmente até a palma da mão dos seus usuários, aproveitando a oportunidade para efetuar o desenvolvimento de aplicativos.

Além disso, os resultados da pesquisa do Google passaram a dar preferência aos sites mobile-friendly, priorizando conteúdos que podem ser otimizados para fácil utilização em telas de smartphones e tablets e deixando de lado a velha ideia de que ter um site bonito é mais importante do que ter uma plataforma funcional.

Dar um design atraente à nossa plataforma de negócios e também torná-la útil para seus visitantes não só é possível, como muito bem-vindo hoje em dia, visto que com a expansão dos negócios online a concorrência aumenta.

No entanto, montar um site com essas qualidades e características requer conhecimentos especializados em desenvolvimento web.

Aplicativo WebView vale a pena?

ilustração de um monitor e um tablet com um site responsivo aberto

Ser capaz de fornecer aos usuários uma ferramenta prática, com visualização boa e fácil de ser usada tanto em computadores quanto em smartphones é hoje praticamente uma necessidade.

Antes de levar uma plataforma online para um aplicativo ou WebView, é muito importante analisar se será possível disponibilizar de forma eficiente aos usuários todo o conteúdo de que precisam.

Caso contrário, corre-se o risco de perder usuários e clientes em potencial devido à entrega de um produto que não funciona conforme o esperado.

Por exemplo, recentemente um amigo me indicou o Notion para organização de projetos e tarefas. Segundo ele, a ferramenta era um Evernote + Google Docs com funções de gerenciamento de projeto.

Me interessei, então baixei o app para iOS. Ao comentar isso com ele, sua frase foi “É melhor usar o site no navegador. O app é uma web view malfeita”.

Nesse caso, abandonei de vez a ferramenta, já que eu procurava justamente por algo que pudesse ser utilizado no celular.

Para evitar que algo assim ocorra, vale a pena analisar com cuidado o produto ou serviço oferecido por seu negócio e também qual é a melhor forma de colocá-lo no ar.

Após essa análise, aí sim você terá clareza quanto ao estilo de plataforma que deseja disponibilizar e como quer que seus clientes a acessem.

Ao tomar uma decisão bem pensada e estudada, desenvolver uma ferramenta que seja positiva tanto para a empresa quanto para o consumidor é perfeitamente possível.

E parece, ao que tudo indica, ser a melhor opção para quem deseja chegar perto do melhor dos dois mundos.

Créditos das imagens: Unsplash e Pixabay.

Não é permitida a reprodução integral desse conteúdo. A cópia pode ser ruim para você!

Quem é Fabio Lobo?

Web designer, desenvolvedor front-end e programador WordPress.

Quem é Fabio Lobo?

Estou há mais de uma década na área. O foco do meu trabalho é em usabilidade, facilidade pro usuário, acessibilidade, SEO e performance.

Também tenho alguns projetos open source, além de prestar consultoria em hospedagem WordPress e criação de conteúdo.

Como posso te ajudar hoje?

Trabalho com consultoria, suporte, manutenção, criação e desenvolvimento.

Fale comigo

Leia também...

...alguns textos que têm a ver com o assunto:

WordPress vale a pena? Quanto custa?

Na dúvida sobre qual CMS ou framework utilizar? Veja prós, contras, preços e comparações, e então entenda se o WordPress vale a pena para o que você precisa!

Dicas para reduzir custos na empresa

Você pode estar gastando mais do que deveria com site, e-mails e hospedagem. Reavalie seus gastos e saiba como reduzir custos na empresa (sem sair da linha).

Site para corretora de seguros: venda seguros pela internet

É possível vender seguros pela internet – e um site, quando bem planejado, pode facilitar todo o processo. Saiba o que um site para corretora de seguros deve ter!

Deixe seu comentário

Se você deseja um orçamento, entre em contato clicando aqui.

Quero um orçamento