Como receber pagamentos do AdSense sem perder dinheiro

Evite pagar taxas absurdas ao receber pagamentos do AdSense. Compare bancos e conheça a melhor forma para receber dinheiro do Google: Remessa Online.

Por Fabio Lobo, atualizado em 22/09/2020. 18 pessoas falando sobre isso!

E cá estava eu procurando a melhor solução melhor para receber pagamentos do AdSense. Depois de anos utilizando o Banco Rendimento, que já foi sucesso entre quem trabalha com a plataforma de monetização da Google, decidi testar outras formas para gastar menos com taxas.

Por lá a tarifa era de 20 dólares + IOF, fora o spread. Era, de longe, a melhor opção do mercado.

Quando eu utilizava o Bradesco, por exemplo, a cada saque eu via pelo menos 1/3 do valor ficar com o banco, fora o câmbio horroroso.

Não demorou muito até que eu encontrasse a Remessa Online, que chega a ser absurda de tão boa. Melhor que o Banco Inter, caso você tenha dúvidas.

Sério: eu gostei tanto, mas TANTO que até descolei um voucher de 15% de desconto que você vai poder utilizar para pagar a menor taxa possível! Anota aí: fabiolobo — mais abaixo explico como utilizá-lo.

Vamos por partes. Aqui você vai ficar sabendo o seguinte:

  • O que é o AdSense;
  • Como funciona, quem pode usar, quais são os formatos de anúncios, como os ganhos são calculados e como usar o Google AdSense;
  • O que é a Remessa Online e por que é a melhor opção;
  • Como receber pagamentos do AdSense;
  • Se o Google AdSense ainda vale a pena e quanto dinheiro você pode ganhar com o programa;
  • E respostas a dúvidas gerais sobre o tema.
notas de 100 dólares espalhadas; à frente o texto Receber pagamentos do AdSense

O que é Google AdSense?

O Google AdSense passou a ser oferecido em 2003 pelo Google com o objetivo oferecer para aos proprietários de sites e blogs um serviço de publicidade profissional e remunerado.

Criado pela Oingo Inc., o sistema já exisitia desde 1998, na verdade – mais tarde foi vendido para o Google.

Desde sua origem o Google AdSense passa por alterações periódicas com o intuito de melhorar a experiência de quem anuncia e para quem loca o espaço.

Hoje, segundo o próprio Google, mais de 2 milhões de pessoas usam o AdSense como forma de monetizar conteúdo. E vamos ainda mais longe: a ferramenta já pagou mais de 10 bilhões de dólares para produtores de conteúdo do mundo inteiro.

Se de um lado existem milhares de empresas pagando para anunciar na internet, do outro existem milhares de sites e blogs que abrem espaço para inserirem anúncios dessas empresas, conseguindo assim gerar uma fonte de renda.

O Google AdSense é um serviço de publicidade que possibilita seu site ou blog gerar receita exibindo anúncios de outras empresas através de banners e outros formatos estrategicamente inseridos nas suas páginas.

Mas como funciona isso?

Como funciona o Google AdSense?

Se você é uma pessoa que acessa vários blogs, portais e canais do YouTube durante o dia, com certeza já deve ter visto o Google AdSense em ação.

Sabe aqueles anúncios que aparecem na barra lateral ou em boxes no meio do conteúdo de sites e blogs? Ou aqueles anúncios de texto que aparecem no rodapé de um vídeo do seu Youtuber favorito?

Eles estão ali graças ao AdSense.

O Google tem uma plataforma de anunciantes, chamada Google Ads. É através dela que os anunciantes criam as campanhas que serão vinculadas no Google AdSense.

Quando você adiciona scripts de banners do AdSense em seu site, em pouco tempo os anúncios começarão a aparecer de forma automática.

Tudo de acordo com seu conteúdo e com as preferências de quem está visitando seu site (como, por exemplo, anúncios relacionados ao que ele pesquisou por último no Google).

Os anúncios são exibidos conforme o leilão realizado pelo Google, o que faz variar seu lucro de anúncio para anúncio.

Para planejar, gerenciar e executar algo tão complexo, obviamente precisamos de uma boa ferramenta que nos ajude a entregar esses anúncios com qualidade.

Além de, é claro, gerar resultados positivos tanto para quem anuncia, para quem loca seu espaço para o anúncio e, claro, para o público que receberá o anúncio.

Qualquer um pode usar o AdSense?

logo do google adsense

Fazer parte da comunidade Google Adsense é bem simples. Você precisa:

  • Ter uma conta Google;
  • Ter mais de 18 anos;
  • Possuir um site ou canal no YouTube com conteúdo original;
  • E também ter um número de telefone e endereço postal.

E como o Google vai te pagar uma grana, ele precisa que você siga algumas regras, então não é qualquer tipo de conteúdo que está liberado para exibir os anúncios.

Blogs que incitam a violência, qualquer tipo de preconceito ou que tenham conteúdo sexual explícito estão fora.

O mesmo vale para canais de YouTube caso você tenha ativado a opção de monetização.

Quais são os formatos de publicidade?

O AdSense é bem versátil e oferece algumas boas opções de formatos para você veicular em seu site: anúncios automáticos, de display, in-feed, in-article, conteúdo correspondente e anúncios de link, além de scripts específicos para AMP.

Você pode configurar a paleta de cores dos anúncios que serão exibidos em seu site para que eles fiquem mais orgânicos em seu layout. Além disso, há opções de medidas fixas e responsivas.

Sobre os formatos, os anúncios automáticos (auto ads) são os mais fáceis de usar. Basta inserir apenas um código do AdSense em seu site e pronto, os banners começarão a aparecer automaticamente em pontos estratégicos do seu site.

Os anúncios de display (ou anúncios gráficos) são os famosos banners, que podem ser exibidos no topo, na lateral, no rodapé ou no meio do conteúdo do seu site ou blog.

Já os anúncios in-feed são ideais para listas (ou loops) de posts. Você pode inserir os banners entre um post e outro na home do seu site, por exemplo.

Por outro lado, os anúncios in-article são perfeitos para serem exibidos dentro do conteúdo. Ou seja, entre um parágrafo e outro.

Os blocos de conteúdo correspondente funcionam como posts relacionados.

Os anúncios de link (também conhecidos como links patrocinados) são o formato mais simples tanto para quem anuncia quanto para quem veicula no Adsense. São anúncios compostos basicamente de título e link para o site.

Como utilizar o AdSense para monetização de conteúdo?

Primeiro você precisa se cadastrar no AdSense, caso você já não tenha uma conta.

Lá você gera os códigos de anúncios e poderá escolher onde serão exibidos os anúncios na sua página.

Antes de prosseguir, vale lembrar que o conteúdo do seu site deve estar de acordo com as diretrizes do Google, que será verificada na hora da solicitação de cadastro.

Como se inscrever no AdSense?

printscreen de passo-a-passo de cadastro no Google AdSense

Estando dentro das regras citadas acima, o processo de inscrição não poderia ser mais fácil.

  1. Acesse o link google.com.br/adsense e clique no botão Primeiros passos;
  2. Preencha o formulário e utilize a conta Google que deseja vincular ao AdSense;
  3. Aguarde. Agora o Google vai verificar se o seu conteúdo está de acordo com as diretrizes da empresa. Como dissemos anteriormente, essa política é bem rígida e criteriosa, com regras muito bem definidas;
  4. Após terminar o processo de cadastro, o Google enviará um envelope para seu endereço postal com um código de confirmação. Esse procedimento pode levar até duas semanas.

Com o cadastro feito e verificação concluída, você deve agora cadastrar seu site.

Como inserir anúncios em meu site?

  1. Ao logar em sua conta no Google AdSense, primeiro certifique-se de que seu site foi aprovado. No menu principal, clique em Sites e veja se o domínio está marcado como “Pronto”.printscreen do painel do Google AdSense
  2. Estando tudo em ordem com o passo 1, clique em Anúncios no menu e, em seguida, na aba Por bloco de anúncios. Escolha então o tipo de anúncio que você quer criar: de display, in-feed, in-article, conteúdo correspondente ou anúncios de link. Nesse exemplo, vamos utilizar o bloco display.printscreen de opções de banners do Google AdSense
  3. Primeiro você deve dar um nome ao bloco de anúncios. Em Tamanho do anúncio, você pode optar por Responsivo ou Fixo. Ao selecionar Fixo é possível definir a largura e a altura do banner, o que é ideal para evitar erros de CLS. Estando tudo em ordem, basta clicar no botão Criar.printscreen de criação de banner no Google AdSense
  4. No próximo passo você terá o script do banner pronto para copiar. Há ainda duas abas: HTML e AMP. Ou seja, se você vai inserir o banner na versão normal do seu site, utilize o código da aba HTML. Para inserir um banner na versão AMP do seu site, é preciso copiar o código da aba AMP – caso contrário o banner não irá funcionar.printscreen de código de banner do Google AdSense
  5. Agora basta adicionar o script em seu site no local desejado. Se você utiliza o WordPress, pode utilizar um child theme para tanto, ou um plugin como o Ad Inserter. Em temas de minha autoria há um painel de controle pronto com diversas opções tanto para HTML quanto para AMP – é possível adicionar banners facilmente até mesmo dentro do conteúdo.printscreen de inserção de banner do Google AdSense

Como meus ganhos são calculados?

Atualmente existem duas formas de receber pelos anúncios:

  1. CPC (Custo Por Clique): Sempre que alguém clicar em um anúncio exibido na sua página você ganha parte do valor (a outra parte é do Google) pago no leilão.
  2. CPM (Custo Por Mil Impressões): Recebimento de acordo com o número de visitantes do seu site/blog. Toda vez que alguém acessa a página que o anúncio está, é uma impressão, nesta situação são necessárias mil impressões para você receber o valor X.

Ambas as situações variam o valor de acordo com o lance pago no leilão, número de visitantes na sua página, quantidade de impressão e cliques, entre outros fatores.

O que é a Remessa Online?

ilustração da remessa online

É a melhor forma para receber pagamentos do Google AdSense. Só isso!

A Remessa Online é uma empresa de serviços financeiros, especializada em transferências internacionais.

A empresa foi criada em junho de 2016, em São Paulo, com a meta de se tornar a solução para transferências internacionais; por meio de eficiência e um atendimento ao cliente diferenciado.
Nos focamos em trazer inovação e tecnologia a um mercado obsoleto.

Site da empresa

Administrada pela BeeTech, a Remessa Online não é só mais uma solução para receber pagamentos do Google AdSense. Por lá você consegue enviar dinheiro para o exterior e receber pagamentos de outros tipos também.

Ou seja, se você presta serviços para clientes no exterior, a Remessa Online pode ser uma boa alternativa ao PayPal, por exemplo.

Comparação com outros bancos

Antes de mais nada: não existe isso de 0% de taxa. Todas as transações internacionais têm custos.

A diferença é que alguns bancos não cobram taxas fixas. Por exemplo, o Itaú cobra uma taxa fixa de R$ 115,00, fora IOF e spread.

Para receber do AdSense, na Remessa Online o único custo que você tem é do spread, que está em 1,3% (pode variar, mas normalmente fica bem próximo disso).

Não há taxas fixas e nem cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Vamos fazer uma conta bem básica pra ilustrar:

Se você tem 100 dólares pra receber e o câmbio comercial está a R$ 5,30, você receberá R$ 523,11, equivalentes a uma cotação de aproximadamente R$ 5,231 com o spread. Lembrando que não há IOF.

Para efeito de comparação, até pouco tempo a melhor opção para receber dinheiro do AdSense era o Banco Rendimento, que hoje cobra 13 dólares por transferência, IOF (0,38% a 1,1%) e spread por volta de 3%.

Nesse caso, se você tem os mesmos 100 dólares para receber, na melhor das hipóteses o valor final seria de aproximadamente R$ 443,24. São quase oitenta reais de diferença!

Outra boa opção que surgiu recentemente foi o Banco Inter. Eles não cobram taxas fixas, mas há IOF e o spread é por volta de 3%.

Seguindo o exemplo acima, no Banco Inter você receberia R$ 512,14, ou R$ 10,97 reais a menos. Parece pouco, mas a longo prazo é um desperdício e tanto.

E com o Itaú, então? Sendo otimista, você receberia R$ 397,14, ou R$ 125,97 a menos.

Então, se você quer receber pagamentos do AdSense sem perder dinheiro, já sabe qual é a melhor opção.

Abaixo fiz uma tabelinha comparando os principais bancos:

BancoTaxas / Tarifas / ImpostosSaque de 100 dólares
(com cotação a R$ 5,30)**
Remessa OnlineSpread de 1,3%R$ 523,11
BS2Spread de 2%* e IOF de 1,1%R$ 513,68
InterSpread de 3%* e IOF de 0,38%R$ 512,14
Rendimento13 dólares, spread de 3% e IOF de 0,38%R$ 443,24
ItaúR$ 115,00R$ 397,14
Bradesco30% do valor recebido, spread de 3% e IOF de 1,1%R$ 355,91
Caixa30 dólares*, spread de 3% e IOF de 1,1%R$ 349,44
*Pode haver variação; **Valores convertidos aproximados.

OBS: Não encontrei informações precisas sobre Santander e Banco do Brasil.

A Remessa Online é confiável? É segura?

Sim!

Não tive problemas nenhum com eles. Já até deixei o dinheiro parado lá durante um tempo para aguardar uma variação cambial melhor e fazer o saque quando fosse mais vantajoso.

Além disso, desde que postei esse artigo, muita gente já criou um cadastro por lá e utilizou meu voucher. Não houve nenhuma reclamação!

Na dúvida, procure por BEE SERVICOS DE ASSESSORIA FINANCEIRA TECNOLOGIA LTDA (lembrando que a Remessa Online é um serviço da BeeTech) na página de correspondentes em operações de câmbio do Banco Central.

Outro serviço bacana da BeeTech é o BeeCâmbio, que é, basicamente, uma casa de câmbio online.

Você pode utilizar meu cupom de desconto fabiolobo por lá também, e nesse caso serão 10% de desconto no spread (também apenas em Dólar Americano e Euro).

Como receber pagamentos do AdSense?

É bem fácil e também é tudo automático. Mas tome cuidado para não acabar perdendo dinheiro!

Como expliquei mais acima, ao receber pagamentos do AdSense é necessário pagar algumas taxas, já que é um dinheiro que vem do exterior, em outra moeda (dólar), para a sua conta bancária no Brasil.

E tais taxas, custos e variações cambiais variam de banco para banco.

Uma coisa é certa: Utilizar um dos bancos grandes para receber o dinheiro do AdSense é um grande erro, pois eles cobram um valor altíssimo.

Como já comentei, a Remessa Online é uma empresa confiável e não cobra taxas fixas nem IOF. E com o voucher fabiolobo você tem desconto de 15% no spread.

Por fim, você também não paga taxas bancárias para transferir o dinheiro de lá para o seu banco. A transferência é grátis.

Passo-a-passo para receber dinheiro do AdSense

Os seis primeiros passos precisam ser feitos uma vez só, para o primeiro pagamento. Depois disso, é só esperar o dinheiro cair na conta para fazer a transferência!

  1. Crie uma conta

    Clique aqui e crie sua conta na Remessa Online.printscreen de página de cadastro na Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  2. Configure sua conta para receber dinheiro do AdSense

    No seu painel da Remessa Online, clique em Receber Dinheiro.printscreen do dashboard da Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  3. Pegue os dados da conta internacional

    Na tela a seguir, clique em Dólar Americano. Guarde os dados que aparecerão em seguida.printscreen de seleção de moeda na Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  4. Cadastre uma conta bancária

    Aproveite para cadastrar uma conta bancária na Remessa Online caso ainda não tenha feito isso. No menu principal do dashboard, acesse o link Perfil e role a tela para baixo até a parte “Seu Cadastro”. Clique em Dados Bancários e, em seguida, clique em + adicionar conta e preencha os campos.printscreen de página de cadastro de conta bancária na Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  5. Adicione uma forma de pagamento no AdSense

    Agora acesse sua conta no Google AdSense. No menu principal, clique em Pagamentos e depois em Gerenciar formas de pagamento.printscreen de formas de pagamento no AdSense

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  6. Cadastre a conta para transferências internacionais

    Clique em Adicionar forma de pagamento e preencha manualmente (copiar e colar pode dar erro) os campos com os dados que você copiou no passo 3. Nesse mesmo formulário é obrigatório cadastrar o banco intermediário também (os dados também estão no passo 3).printscreen de cadastro de conta bancária no AdSense

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  7. Aguarde o pagamento do AdSense

    Se você já tem créditos a receber do Google AdSense (no mínimo 100 dólares), agora basta aguardar pelo recebimento que costuma ser feito entre os dias 21 e 26. O Google enviará um e-mail avisando sobre o pagamento, e a Remessa Online também te avisará por e-mail quando o pagamento for identificado.printscreen de e-mails do Google AdSense e do Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  8. Verifique seu pagamento

    Acesse sua conta na Remessa Online e siga os passos para fazer a transferência do pagamento do AdSense para a sua conta bancária.printscreen de valor recebido na Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  9. Aguarde a melhor cotação do dólar

    Você pode aguardar alguns dias para fazer a transferência para sua conta bancária quando a cotação do dólar estiver melhor. Só tome cuidado: assim como o dólar pode subir, ele pode cair também.printscreen de resgate na Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

  10. Pague a menor taxa para receber do AdSense

    Quando optar por fazer a transferência dos ganhos do AdSense para sua conta bancária, utilize o voucher fabiolobo para obter desconto no spread. Lembrando que você não vai pagar IOF, nenhuma taxa fixa e nem terá despesa na transferência entre contas.printscreen de resgate na Remessa Online

    Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Vale a pena usar o Google AdSense?

Sim, vale.

O primeiro e principal motivo é que você pode confiar no serviço oferecido, afinal, é de uma das maiores empresas do mundo.

Você pode personalizar e controlar os anúncios como preferir em seu site, permitindo que a publicidade seja exposta em harmonia com seu conteúdo e também para potencializar os resultados.

Pode contar com um suporte de fácil acesso e também com um material para ajudar na aprendizagem da ferramenta.

Sem contar que não há dores de cabeça para gerenciar e controlar faturamento – o Google faz tudo isso para você de forma gratuita.

Dá pra ficar rico com AdSense?

Não é algo impossível, mas é bem difícil.

Para ter um bom faturamento, você precisa de um grande volume de acessos, que vão gerar cliques ou impressões.

Para gerar acessos, você precisa estar bem colocado nos resultados de busca do Google.

E para isso você precisa de um conteúdo relevante e de qualidade, um bom SEO técnico, uma trabalho bem feito de link building e sempre acompanhar a evolução dos concorrentes que aparecem na primeira página de resultados.

Ou seja: é um trabalho difícil, que pode gerar melhores resultados a médio e longo prazo, desde que você mantenha seu conteúdo sempre atualizado e relevante.

O Google Adsense não vai te deixar rico, a não ser que o seu site ou canal no YouTube tenham milhões de acessos diários.

Aliado com outras ferramentas de monetização, ele pode gerar um resultado positivo que fará uma boa diferença no seu orçamento.

Como saber quanto dinheiro vou ganhar com o AdSense?

printscreen da calculadora do AdSense

Na página inicial do programa há uma calculadora que mostra quanto você pode ganhar com o Google AdSense.

Basta selecionar uma região, uma categoria e clicar em Calcular.

A calculadora de ganhos do AdSense irá exibir uma média de quanto você poderá faturar com o programa anualmente a partir de um determinado número de pageviews mensais.

Claro, é algo bem subjetivo. Tudo depende de vários fatores como demanda de anunciantes, tendências do mercado, disposição dos banners em seu site, seu tipo de conteúdo, a velocidade de carregamento do seu site…

Ou seja, você pode ganhar muito menos do que é estimado.

Então, não se iluda: para ganhar dinheiro de verdade com o AdSense é preciso trabalhar constantemente, de preferência em mais de um projeto.

Créditos das imagens: Freepik e sites citados.

Revisão

Já escolheu como vai receber pagamentos do AdSense? Confirme abaixo se não há nenhuma dúvida sem resposta!

O que é Google AdSense?

Google AdSense é uma plataforma para monetização de conteúdo através de banners que podem ser inseridos em sites, blogs, lojas virtuais e canais do YouTube. Para apps há o Google AdMob.

Qual é a diferença entre Google Ads, Adwords, AdSense e AdMob?

Primeiramente, Google Ads e Adwords são a mesma coisa: o segundo nome foi substituído pelo primeiro. Sobre as diferenças, o Google Ads é uma plataforma para anunciantes, ou seja: para quem quer anunciar serviços e produtos, por exemplo. O AdSense e o AdMob são as plataformas que exibem tais anúncios.

Ainda dá pra ganhar dinheiro com AdSense?

Sim. É preciso produzir conteúdo de qualidade, com frequência, ter um site bem otimizado e inserir os banners em posições estratégicas para atrair mais a atenção dos seus visitantes.

Quanto é possível ganhar com AdSense?

Não há uma estimativa precisa. Porém, ao acessar a página inicial do Google AdSense, você pode utilizar uma calculadora para simular quanto você pode ganhar por ano com o AdSense dependendo do seu nicho e quantidade de acessos.

Qual é o melhor banco para receber pagamentos do AdSense?

Remessa Online. Não há cobrança de taxas fixas, apenas o spread (que é o menor do mercado) – e ainda há desconto na utilização do cupom fabiolobo. Banco Inter e BS2 também são boas opções, mas cobram IOF e um spread maior, então você receberá menos dinheiro.

Não é permitida a reprodução integral desse conteúdo. A cópia pode ser ruim para você!

Quem é Fabio Lobo?

Web designer, desenvolvedor front-end e programador WordPress.

Quem é Fabio Lobo?

Estou há mais de uma década na área. O foco do meu trabalho é em usabilidade, facilidade pro usuário, acessibilidade, SEO e performance.

Também tenho alguns projetos open source, além de prestar consultoria em hospedagem WordPress e criação de conteúdo.

Como posso te ajudar hoje?

Trabalho com consultoria, suporte, manutenção, criação e desenvolvimento.

Fale comigo

Leia também...

...alguns textos que têm a ver com o assunto:

Monetizar conteúdo: o guia para gerar receita online

Ainda dá pra ganhar dinheiro com blogs? Saiba como monetizar conteúdo nos dias de hoje e se ainda vale a pena usar AdSense e programas de afiliados.

Monetize melhor seu site ou blog educacional

O nicho de educação está cada vez mais procurado pelos os usuários na internet. Pessoas estão cada vez mais utilizando os buscadores à procura de alternativas modernas para a resolução de suas rotinas educacionais.

Comentários

18 comentários até o momento

  • “…o Banco Rendimento, como comentei no início do texto, que cobra 20 dólares por transferência fora IOF (0,32%) — sim, na Remessa você NÃO paga IOF.”
    Esse texto não está correto, de acordo com o simulador do próprio Remessa nós pagamos o IOF, sim.

    Responder
    • Wellington, o simulador da home do Remessa não é para essa parte do AdSense.

      Para recebimentos em geral do exterior o IOF é cobrado – para o AdSense, não.

      Responder
  • A parte principal sobre comparação de taxa de um banco para outro não foi mostrada. Mas gostei do artigo!

    Responder
    • Cristiano, a taxa dos bancos variam bastante, mas nenhum banco chega nem perto do Banco Rendimento, que por sua vez também não chega perto da Remessa Online.

      Ou seja, não tem nem comparação, e a ideia aqui foi mostrar o que tem de melhor ;]

      Responder
  • Uma coisa que acho um pouco estranho, é que ali em ‘Nome na conta bancária’ é preciso ficar no nome deles e não no meu, diferente dos outros bancos, que fica direto em meu nome. E em um outro tutorial que vi, o dono do site deixou o código SWIFT em maiúsculo mesmo, e aqui você diz pra deixar em minúsculo

    Responder
    • É que nesse caso eles são o banco intermediário, Zeno. Em qualquer outro banco, inclusive no Rendimento, a conta é sua. Nesse caso, a conta é deles e depois você precisa transferir pro seu banco.

      Sim, no site oficial tá errado (pois é), já falei com o suporte que me enviou um PDF com as informações que passei aqui no post.

      Responder
      • Certo, cara! Já tirou essa minha dúvida, valeu aí! A proposta do serviço deles é excelente, se comparado aos bancos que conheço

        Responder
        • Sim, funciona bem e as taxas são ótimas :D

          Responder
          • Cara, fui tentar adicionar como forma de pagamento no Adsense, e deu o mesmo erro mencionado abaixo [OR-BAIH-01]. Será que fiz alguma coisa de errado?

          • Ah, e sim, cara, digitei tudo manualmente, tentei minúsculo, maiúsculo, mas nenhuma forma deu certo. Será que o erro não estaria ali na parte de FFC, você disse pra colocar “Socopa + Seu nome completo + número da história” e lá no site do Remessa, eles dizem quase isso “Socopa + [Seu nome completo] + RO[número da história]”. Não sei se esse “RO” faz diferença. E já na outra página do próprio Remessa, quando a gente finaliza o cadastro, eles mandam colocar “SOCOPA-BEE + [Seu nome e último sobrenome]”. Não sei qual dessas maneiras e a que dá certo

          • Que estranho! Em tese isso não deveria fazer diferença. Se você testar dessas formas e ainda assim não rolar, o ideal é entrar em contato com o suporte da Remessa porque pode ser que alteraram alguma coisa e não atualizaram no site (como comentei, da primeira vez fiz tudo o que tava no site e tinha coisa errada, daí falei com o suporte, me explicaram os passos que tá no post e aí sim deu certo).

  • O meu da erro Ocorreu um erro inesperado. Tente novamente mais tarde. [OR-BAIH-01]

    Ja tentei com minuscula maiuscula, digitando diretamente na tela e nada

    Responder
    • Philipe, você copiou e colou os dados? Se sim, pode ser isso. Como disse no post, é preciso digitar tudo manualmente senão pode rolar erro.

      Responder
  • Consegui agora que mudaram o banco. Agora só esperar até o dia do pagamento e esperar que der tudo certo.

    Responder
  • Olá, Fabio! Tudo bem?

    Consegui cadastrar o Remessa Online só esse mês porque tava dando erro direto.

    Só que agora, fiquei um pouco insegura de receber com eles porque eles pedem para enviar o comprovante do Google Adsense primeiro para depois receber e avisam que pode demorar até 3 dias.

    Achei estranho porque no Rendimento é tudo automático.

    É confiável mesmo receber pelo Remessa Online? Vi tantas reclamações no Reclame Aqui que agora fiquei com medo.

    Vc recebe com o Remessa Online ainda? Obrigada!

    Responder
    • Sim, Claudia! Recebo, sigo todos os passos e nunca tive problemas. Da última vez eles me depositaram em menos de 24h, inclusive.

      Responder
  • Boa tarde, tudo bem?
    Gostei muito do artigo e já fiz meu cadastro lá.
    Gostaria de saber se posso tirar uma dúvida com você.
    Em 21 de out de 2018, o Adsense fez um pagamento pra mim (eu estava usando minha conta do Itaú), mas esse pagamento nunca caiu na minha conta. Entrei em contato com o banco e minha gerente disse que consultou a central do banco e não tinha nenhum registro de pagamento do Google.
    Nos relatórios do Adsense contam que o pagamento foi feito.
    Sabe me dizer o que eu poderia fazer nesse caso? O Google diz que pagou, mas meu banco diz que não tem nenhum registro de pagamento.
    O que fazer? Meu dinheiro caiu no limbo…

    Grande abraço e muito obrigado pela atenção.

    Responder
    • Eduardo, se está tudo em ordem com os pagamentos do Google, abra uma reclamação com o BACEN. É o jeito.

      Responder

Deixe seu comentário

Se você deseja um orçamento, entre em contato clicando aqui.

Quero um orçamento